Concentração Como Resolver a Falta dela

 

Está com problemas de concentração no trabalho? Seu rendimento está caindo? Se acalme, isso tem solução e, na maioria das vezes, trata-se apenas de algumas mudanças feitas em nossa rotina de trabalho e, principalmente, de vida.

Com algumas dicas que iremos dar certamente você conseguirá se sair muito bem!

Mantenha a Organização

Manter-se organizado no trabalho é de extrema importância para a concentração, se você trabalha utilizando o computador e mantiver sua área de trabalho limpa ou reduzir o número de abas abertas no navegador ajuda e muito na hora de se concentrar em uma determinada função.

Mas por que isso ocorre? Nosso cérebro não foi feito pra manter a concentração em múltiplas tarefas e ainda sim manter a qualidade da concentração em todas elas. Por isso tenha aberto somente aquilo que for vital para a função que você está desempenhando.

Isto também é válido para funções que não utilizem o computador, o conceito é o mesmo só utilize o que realmente vai ser útil para a tarefa que está sendo feita.

 

Saiba quando dar uma pausa:

 

Saber quando descansar é essencial para que o nível de estresse não se eleve e você possa manter a concentração em sua tarefa. O aconselhável é uma pausa a cada duas horas, de pelo menos 5 minutos, para lavar o rosto, ir ao banheiro, tomar um café ou água ou somente esticar as pernas.

O modelo de trabalhar mais horas para descansar por um tempo maior não é indicado para quem sofre com problemas na concentração ou até mesmo para quem não sofre, pois com o estresse acumulado é provável que esta pessoa comece a ter problemas em pouco tempo.

 

Tenha prazo para tudo:

Tenha prazos pessoais para qualquer função exercida durante a rotina de trabalho, afinal de contas, seres humanos tendem a se concentrar mais quando estão focados em cumprir metas.

Portanto, mesmo que você não consiga cumprir seu próprio prazo, tenha sempre o costume de colocar pequenas metas, mas lembrando-se sempre: pessoais.

Jamais prometa nada para terceiros como meio de obter foco e concentração, pois assim o dano, caso não se cumpra a meta, será real e irreparável!

 

Planeje seu dia:

 

Ao chegar do trabalho faça um pequeno balanço do seu dia e sempre foque no que pode melhorar do que já está bom e pode melhorar ainda mais. O conceito desta dica é  praticamente o mesmo do anterior, só que de forma mais geral.

Reserve algum tempo de seu descanso para planejar o dia posterior, de forma que ao chegar ao seu escritório você não perca tempo com pensamentos que não envolvam diretamente sua função, este pequeno exercício de planejamento o ajudará a ser uma pessoa mais focada e, por consequência, uma pessoa mais concentrada nos objetivos do dia.

 

De grão em grão…

 

Sabe aquele velho ditado “Que de grão em grão a galinha enche o papo” então ele é muito válido na hora de manter um nível de concentração. Nesta dica iremos expor como é importante saber dividir as tarefas em etapas.

Por exemplo, você tem um projeto enorme para ser entregue daqui a um mês: se você se dedicar seguidas horas a esta mesma  atividade é normal que seu rendimento e concentração caiam com o passar das horas, por isso é mais vantajoso fracionar o máximo possível qualquer que seja a tarefa  para que o estresse não atrapalhe seu desempenho.

Tudo é uma questão de TEMPO X QUALIDADE, você pode entregar este projeto antes da data estipulada se você se prender a ele durante seguidas horas ou dias, mas será que a qualidade será a mesma de um trabalho fracionado?

Se sim, seu problema não é a concentração. Pois, são pouquíssimas pessoas no mundo que conseguem conciliar agilidade com qualidade, por isso utiliza-se da dica 4 para esquematizar da melhor forma possível o principal método de fazer determinada tarefa.

 

Otimize seu tempo no trabalho:

 

Ficar sem fazer nada no trabalho também é cansativo e, por isso, diminui a concentração. Usando do planejamento diário, tenha em mente cada minuto do seu dia de trabalho, para que você não termine suas tarefas cedo de mais e fique ocioso.

O que, muitas vezes, pode ocasionar que você seja pego de surpresa por um projeto errado ou um evento inesperado.

 

Se alimente bem:

 

Se lembra da dica 2? Pois então ela se encaixa perfeitamente nesta, já que você pode usar estas pequenas pausas para um lanchinho leve, quando digo leve é leve mesmo! Não se entupa de salgadinhos ou doces durante o trabalho.

Além de ser prejudicial à saúde, pode prejudicar seu rendimento causando Azia, dor de estômago entre outros imprevistos. Portanto, prefira alimentos saudáveis como frutas ou um sanduíche de peito de peru no meio da tarde.

Mas o mais indicado são frutas, pois é provado cientificamente que elas ajudam na atividade cerebral. Caso Você não disponha de frutas ou não possa carregá-las para o trabalho, uma boa saída são barrinhas de cereais, mas dê preferência para aquelas que não possuem chocolate.

 

Cuide-se em casa:

 

Para um bom desempenho do corpo, tanto na produtividade como na concentração, é necessário um estilo de vida ativo. Por isso pratique muito exercício, se alimente bem e durma, dormir por um tempo adequado é essencial para que o cérebro memorize coisas com maior facilidade.

Na verdade, é durante o sono que o nosso cérebro memoriza tudo o que foi aprendido durante o dia, por isso é importante um sono de qualidade num ambiente de qualidade!

É importante alertar, também, que não é adequado dormir tempo demais nem em finais de semana, pois nosso corpo não foi feito para se adaptar a rotinas dinâmicas, ou seja, ele precisa de uma rotina sólida que não seja sedentária.

Estas dicas podem ser adaptadas a sua realidade e emprego, cabendo a você utilizá-las da melhor forma possível, seguindo as suas necessidades.

Vale o alerta de que estas dicas não excluem a ajuda de um profissional gabaritado para lhe ajudar e são somente indicadas para pessoas que tenham problemas de concentração devido ao estresse.

 

Terapia Cognitiva para resolver a falta de concentração no trabalho.

 

A terapia cognitiva comportamental se iniciou entre 1950 e 1960, a partir dos princípios comportamentais de Pavlov e Skinner. Recentemente Aaron Beck constituiu um novo modelo psicológico se baseando em intervenções cognitivas, com base em inter-relações do pensamento humano, emoções e comportamento.

Levando mais para o lado que estamos tratando, a Terapia Cognitiva Comportamental é uma psicoterapia que age em uma forma ampla, ou seja, pode ajudar a resolver problemas simples (simples na visão psicológica) ou problemas complexos que exigem mais sessões e o auxílio de métodos complementares.

No caso da falta ou dificuldade na concentração, o profissional envolvido no tratamento irá descobrir a fonte do problema que pode ser estresse, problemas psicológicos simples ou complexos, traumas, etc… Por se tratar de um assunto complexo e envolvendo particularidades pessoais. (fonte)

 

Cursos de memorização.

 

Com a internet se tornando cada vez mais popular e com a sua disseminação em todas as camadas sociais, não é difícil encontrar os mais diversos nichos de mercado ou produtos na rede mundial de computadores.

No nosso caso em especial iremos falar sobre Cursos de memorização e concentração na internet, estes cursos são os mais diversos possíveis com vários preços e metodologias, mas estes cursos realmente funcionam?

Sim funcionam! Mas é necessário ficar atento ao profissional que está aplicando este curso, pesquise seu histórico profissional na área e – o mais importante – se é um profissional idôneo.

Em caso de cursos pagos, se o profissional em questão possui meios de pagamento seguro e oferece garantia. Mas, enfim, o que um curso desses tem que ter para ser um bom curso? Em sua grande maioria se a instituição ou pessoa que ministra o curso irá lhe ensinar técnicas modernas – no caso de bons cursos – que lhe auxiliem a ter uma leitura mais rápida e dinâmica, isso mesmo eles irão te ensinar isto, o que pode parecer fácil, mas exige muito comprometimento do interessado e uma didática muito boa do instrutor.

Geralmente a ideia vendida é que você vai memorizar informações várias vezes mais rápido do que o normal em poucos dias, o que em minha opinião não passa de um jogo de marketing.

É necessário estar atento a isso, pois não existem técnicas totalmente efetivas para a memorização e concentração e sim, como dito acima, para o aumento na velocidade de leitura.

A questão é que, lendo mais rápido, você irá absorver mais informação em um tempo menor, mas será que irá absorver de forma correta e com qualidade?

Muitas vezes é melhor ler de forma mais lenta e pausada do que ler um texto rapidamente e não saber ao certo sobre o que está falando, por isso é necessário tirar dúvidas com a instituição que aplica estes cursos.

Dúvidas como: Qual é o método de ensino de forma detalhada, Qual a duração do curso e – o mais importante – se irão pautar suas aulas em técnicas sérias para uma leitura mais dinâmica, visando uma concentração mais aguçada.

Tudo isso configura um bom curso de memorização e concentração, mas é sempre válido frisar que não existem técnicas totalmente efetivas pois cada pessoa é diferente da outra com limitações e facilidades no aprendizado.

Uma dica final para quem não deseja fazer cursos de memorização e concentração é se dedicar a leitura de bons livros, com o tempo você notará a mudança na facilidade em se concentrar em suas atividades.

Monte seu Projeto Online no Tempo Livre, Trabalhe para você mesmo e seja Dono do Seu Próprio NEGÓCIO.

Augusto Passos

Augusto Passos, atualmente Empreendedor Digital. Trabalha na internet a mais ou menos 1 ano e meio e acreditou que era possível. Hoje, mudou sua vida e gostaria de ensinar a você mudar a sua também! Ensinado e Aprendendo todo o Tempo.

Website: http://www.viverideiasonline.com.br